Emoções Incorporadora

Midia

Morar próximo ao trabalho é proposta dos multiusos

Empreendimentos são cada vez mais comuns e ganham espaço em virtude das vantagens que apresenta. No entanto, preço também é competitivo.

Tendência em outros países já há alguns anos, os empreendimentos multiusos também estão sendo cada vez mais explorados pelas construtoras em cidades grandes do Brasil, como São Paulo e Rio de Janeiro. Segundo o outlet RealtOn, em 2013, a procura por esse tipo de empreendimento no site cresceu 22%. Um dos empreendimentos mais famosos de São Paulo, o Conjunto Nacional, localizado na Avenida Paulista, é um dos pioneiros no conceito. Possui duas torres comerciais, um centro comercial e um residencial com 47 apartamentos. Em Sergipe, os multiusos também já despontam fortemente no mercado. Uma das pioneiras é a Emoções, que lançou, em parceria com a AAM Incorporadora, o Horizonte Jardins, em Aracaju.

Segundo Jaime Sirena, sóciodiretor da Emoções Incorporadora, a empresa constatou que este modelo de empreendimento é uma tendência nos grandes centros urbanos, principalmente, em razão da mobilidade. “As pessoas procuram e desejam esta comodidade de poder trabalhar e morar ou se hospedar no mesmo endereço”, justifica Jaime.

BENEFÍCIOS

De acordo com ele, a principal vantagem é o de proporcionar facilidade no deslocamento de casa para o trabalho ou do trabalho para o lazer, por exemplo. “E o Horizonte Jardins, composto de prédio comercial e hotel, atenderá a estes requisitos, harmonizando as atividades laboral, deacomodação e de lazer, uma vez que os empreendimentos têm localização privilegiada, no coração do Bairro Jardins”, explica.

Emoções

AAM Incorporadora
Conforto é o principal objetivo dos projetos multiusos

A maior vantagem de viver em um empreendimento como esses, de fato, é não precisar sair de casa para fazer comprinhas básicas, usufruir de serviços como restaurante ou salão de beleza. “Parapessoas que moram sozinhas e casais que trabalham fora o dia todo, serviço é algo que interessa muito”, afirma Rosely Schwartz, autora do livro “Revolucionando o Condomínio”, da editora Saraiva.

“Geralmente, em regiões com essa demanda por serviços, esse tipo de empreendimento é o mais ideal, pois facilita. O objetivo é descentralizar esses serviços e levar mais comodidade para os moradores ou investidores”
LEONARDO MILAN, administrador Poly Promotion

A conveniência tem sido reconhecida pelas construtoras como um atrativo muito valorizado por moradores mais jovens, da chamada “Geração Y”. “Esses empreendimentos podem ter desde concierge, serviços de motoboy, serviços de pequenos consertos, área de snacks, salão de beleza, personal trainer, lavanderia e até serviço de arrumação em alguns casos. Quase a totalidade de serviços da torre comercial pode ser usada para a área residencial”, afirma Rogério Santos, presidente executivo da RealtON.

Emoções

AAM Incorporadora
Eles têm ganhado mercado e alta competitividade

PROJETOS

Leonardo Milan, administrador da Poly Promotion do Brasil, afirma que o que motivou a empresa a apostar nesse segmento foi exatamente a necessidade da oferta de serviços próximos aos empreendimentos - no caso do projetos deles, o Lagua Azul, essa necessidade é potencializada, já que a região, na cidade de Lagarto, é ainda mais carente desse tipo de estrutura. “Geralmente, em regiões com essa demanda por serviços, esse tipo de empreendimento é o mais ideal, pois facilita. O objetivo é descentralizar esses serviços e levar mais comodidade para os moradores ou investidores”, acredita Leonardo. As obras do empreendimento da Poly Promotion devem começar em setembro e ser finalizadas entre seis meses e um ano. Já o Horizonte Jardins teve as obras iniciadas em fevereiro deste ano e correspondem a 10% da obra. “A entrega está prevista para o mês de julho de 2016. Estamos num ritmo de vendas que consideramos muito bom e dentro das previsões, considerando tratar-se de uma novidade para o aracajuano”, revela Jaime Sirena, da Emoções. Segundo ele, o fato de ser um empreendimento com as características mixeduse não torna os preços mais elevados. “Nossos projetos procuram oferecer conforto, qualidade e bem estar, aliado a excelente localização e preço competitivo”, destaca.

Cinform - 8 de julho de 2014

Mais na mídia

img-2

Emoções, a incorporadora do Rei, investirá R$ 1 bi em quatro anos

Para materializar o sonho de ser arquiteto, cantor Roberto Carlos lançará condomínios com ruas batizadas com nomes de músicas suas.

img-3

Branco e azul além do horizonte

O branco e o azul reinam no primeiro empreendimento da Emoções Incorporadora, a ser lançado entre o fim de abril e o início de maio, em São Paulo.



PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO
E TIRE SUAS DÚVIDAS.

NOME

E-MAIL

TELEFONE

MENSAGEM